Biotoscana adia precificação em IPO após questionamento da CVM

0
21

A companhia do setor farmacêutico Biotoscana adiou a precificação de seu BDR de desta terça-feira, 18, para o dia 21. Com isso, a estreia na B3 está prevista para o dia 25.

A mudança de data foi necessária após questionamentos da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a respeito da contabilização de uma de suas controladas, a LKM. Depois disso, a decisão da empresa foi de reapresentar seus demonstrativos financeiros do exercício de 2016, de 2015 e do primeiro trimestre deste ano, o que ocasionou o adiamento da fixação do preço do papel.

“A atualização de nossas informações contábeis não afeta as demonstrações de resultados nem as demonstrações de fluxo de caixa de nenhum dos referidos exercícios sociais ou períodos de três meses, exceto pela demonstração de fluxo de caixa de 31 de dezembro de 2015, na qual ocorreu uma reclassificação do fluxo de caixa líquido das atividades de investimento para o fluxo de caixa de atividades de financiamento”, explica a empresa, em comunicado.

Dentre as mudanças, segundo a empresa, estão os ativos intangíveis, ativos mantidos para venda e total de ativos. Por conta disso, investidores não institucionais poderão desistir do pedido de reserva até o dia 24 de julho.

The post Biotoscana adia precificação em IPO após questionamento da CVM appeared first on ISTOÉ DINHEIRO.