China censura beijo gay em “Alien: Covenant”

0
20

Depois de serem cortados 14 minutos de “Logan” e oito do último “Resident Evil”, a mais nova vítima dos censores chineses foi “Alien: Covenant”, lançado no país na última sexta. Mas enquanto os dois primeiros sofreram cortes devido a cenas de violência explícita, o que levou o filme de Ridley Scott a ser censurado foi um beijo — gay, claramente.

Mais de seis minutos do filme foram cortados. O beijo em questão foi protagonizado pelos ciborgues Walter e David, ambos interpretados por Michael Fassbender. Algumas cenas de violência também foram deixadas de fora do longa pelas autoridades.

“Para as outras partes que faltam, você não consegue notar ou saber onde elas estavam, mas você consegue perceber que há algo faltando onde o beijo gay deveria estar”, disse Yu, um publicitário de Shanghai que pediu para não ser identificado pelo sobrenome em entrevista ao Hollywood Reporter.

Essa não foi a primeira vez em que conteúdo com relacionamentos homossexuais foi censurado na China. “O Segredo de BrokeBack Mountain”, por exemplo, não chegou nem mesmo a ser lançado no país.

O post China censura beijo gay em “Alien: Covenant” apareceu primeiro em PAPELPOP.