Ambientado em um hospital abandonado no Rio, o longa O rastro provocou calafrios ainda durante as filmagens. Ao entrar pela primeira vez no set, no qual o teto parecia que iria desabar a qualquer instante, a atriz Claudia Abreu tremeu na base. “É como se você sentisse um pouco a energia daquele lugar. A primeira sensação foi de desconforto total”, conta a atriz que interpreta Olívia, a médica chefe da Unidade de Tratamento Intenso da história.

Apesar da sensação sinistra, a atriz revela que ficou encantada pelo roteiro. “Eu acho que não tem nada mais original do que um filme de terror num hospital público brasileiro. É um filme de terror com um assunto muito importante por trás”, acredita.