Ontem (16), tivemos finalmente a tão esperada estreia de Game of Thrones no seu sétimo ano da série. Mesmo com uma estreia aparentemente morna, tivemos importantes acontecimentos e ajustes entre os personagens. Tudo está se desenrolando para fortes emoções no desenrolar da série.

Atenção: Leia com cautela, caso você não tenha assistido o episódio de estreia da sétima temporada, pois à partir daqui, teremos spoilers.

Game of Thrones tem estreia morna, mas promete fortes emoções

Para quem estava esperando, o inverno chegou em Game of Thrones, mas ainda não temos respostas. Embora que tenhamos uma estreia morna, a temporada promete, ainda mais com o suposto vazamento de toda a trama da sétima temporada, conforme publicamos aqui neste artigo.

Logo no início da estreia, tivemos uma cena que pode até parecer óbvia, mas foi muito intensa, sem sombra de dúvidas. Na cena, em uma espécie de prólogo da temporada, Arya Stark (Maisie Williams) deu continuidade ao seu plano de vingança, envenenando vários convivas de um banquete e proferindo a seguinte frase: “O Norte se lembra e o inverno chegou para a Casa Frey.”

Alguns personagens com papéis secundários, começam a ter um maior representatividade na série, e podem trazer soluções, como o caso de Sam (John Bradley), que através dos manuscritos da Cidadela, descobre uma fonte de gradonglass, que é o mineral capaz de exterminar os Caminhantes Brancos.

Cão de Caça (Rory McCann) é outro exemplo disso, e ele começa a ter visões no fogo após a sua ressurreição. Ele enxerga a muralha e a parte onde ela é mais vulnerável.

Sansa, em um de seus diálogos, deixa claro que adquiriu relativa experiência na sua experiência de vida sofrida com Cersei, e posteriormente com Ramsay.

Exatamente como nos rumores que surgiram nas últimas semanas, Sansa (Sophie Turner) e Jon Snow (Kit Harington) se desentenderam, para aparente alegria de Liitle Finger (Aidan Gillen).

De outro lado, Cersei Lannister (Lena Headey) pretende unir-se através de uma estratégia de casamento com Euron Greyjoy, e Jaime pelo que parece, não está satisfeito com as estratégias da rainha.

Daenerys segue avançando em sua jornada para Westeros, retornando às antigas terras dos Targaryen, que foram tomadas por Stannis Baratheon (Stephen Dillane).

Mesmo com um episódio morno, normal para a estreia de uma nova temporada, a mensagem mais importante de tudo foi o fato de um arquimeistre orientar Sam de que outros invernos vieram no passado, outras desgraças inevitáveis foram consideradas como se fossem o fim do mundo, mas mesmo assim a nação persistiu. E isso pode servir como um recado para os fãs de Game of Thrones, ou até mesmo para nós.

E agora, que tal seguir o nosso Twitter e curtir a nossa página no Facebook para que assim você possa continuar acompanhando todos os nossos posts sobre entretenimento e tecnologia diariamente em suas redes sociais?

O post Crítica: Game of Thrones tem estreia morna, mas promete fortes emoções apareceu primeiro em Optclean.