Em NY, dólar recua ante rivais em meio a turbulência política nos EUA

0
9

O dólar recuou ante seus principais rivais, nesta sexta-feira, 19, pressionado pelas incertezas políticas que cercam o governo do presidente americano, Donald Trump.

No fim da tarde em Nova York, o dólar caiu para 111,23 ienes, de 111,47 ienes na tarde de ontem; o euro subiu para US$ 1,1203, de US$ 1,1110; e a libra avançou para US$ 1,3030, de US$ 1,2940.

A divisa americana tem sido prejudicada por relatos na imprensa de que Trump teria compartilhado informações delicadas com autoridades russas e pedido para que o então diretor da Agência Federal de Investigação (FBI na sigla em inglês), James Comey, afastasse investigações contra o ex-assessor de segurança nacional do presidente, Michael Flynn.

Os investidores temem que os últimos acontecimentos atrapalhem os planos de estímulos fiscais e de reforma tributária do governo Trump, que no começo do ano ajudou a impulsionar o dólar para o maior patamar em 14 anos ante uma cesta de moedas.

Enquanto isso, as moedas de países emergentes avançaram hoje após o escândalo envolvendo o presidente Michel Temer, que levou as divisas desses mercados a recuaram ontem.

O dólar caiu 3,45%, aos R$ 3,2635, após subir 8% no dia anterior. A moeda americana ainda recuou 1,1% para 56,815 rublos russos e 0,7% na comparação com o peso Mexicano, para 18,7169 pesos.

The post Em NY, dólar recua ante rivais em meio a turbulência política nos EUA appeared first on ISTOÉ DINHEIRO.