INDAIATUBA ESTÁ ENTRE AS 30 CIDADES MAIS INTELIGENTES E CONECTADAS DO BRASIL

0
58

Indaiatuba (SP) é a 30ª cidade mais inteligente e conectada do Brasil, segundo o ranking Connected Smart Cities de 2017, elaborado pela Urban Systems. Comparado ao ranking de 2016 a cidade subiu 25 posições. Entre os municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas), Indaiatuba ocupa o segundo lugar, atrás apenas de Campinas, que está em 8º no ranking nacional.

O prefeito Nilson Gaspar ressaltou que o trabalho desenvolvido ao longo dos últimos anos e a continuidade de um governo eficiente mais uma vez se refletiu em índices favoráveis à Indaiatuba. “Indaiatuba não ocupa boas posições em rankings estaduais e nacionais por acaso. Tudo isso é fruto de um trabalho sério que se iniciou há vinte anos, com gestões comprometidas com a qualidade de vida da população. Estamos dando continuidade a esse trabalho e conseguindo elevar Indaiatuba a patamares cada vez melhores”, argumentou.

Para definir o ranking das cidades mais inteligentes do Brasil foi avaliada a integração entre mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança, usando 70 indicadores. O estudo está na terceira edição e envolveu mais de 500 cidades brasileiras.

As primeiras posições foram garantidas por capitais, tendo São Paulo no topo do ranking.  Segundo os organizadores do estudo, esse desempenho das capitais confirma a hipótese de que os municípios com mais de 500 mil habitantes têm mais facilidade para fazer grandes investimentos, por concentrarem mais recursos.

A Urban Systems define o conceito de smart city como um modelo de urbanização e gestão pública que emprega os recentes avanços da tecnologia para tornar as cidades mais eficientes e seguras. A transformação de uma cidade tradicional em uma smart city envolve o uso extensivo de sistemas digitais de comunicação e informação por parte das prefeituras e de seus órgãos administrativos. Aplicados ao planejamento e à coordenação de escolas, sistemas de transporte, hospitais, redes elétricas e telefonia, abastecimento de água e outros serviços, esses sistemas elevam a eficiência desses recursos para a população.

Foto: Vista aérea de Indaiatuba.

Crédito: Divulgação.