Justiça adia depoimentos dos irmãos Joesley e Wesley na Operação Bullish

0
45

(Notaatualizada às 20h40, com adiamento dos depoimentos)

O juiz Ricardo Leite, substituto da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, adiou nesta sexta-feira (19) os depoimentos dos irmãos Joesley e Wesley Batista à Polícia Federal,  marcados para a segunda-feira (22). A decisão também adiou os depoimentos do advogado Francisco de Assis e Silva e do lobista Ricardo Saud.

Ainda não há data para que eles sejam ouvidos, no âmbito da Operação Bullish, que investiga irregularidades em empréstimos do BNDES à JBS, uma das empresas do grupo empresarial comandado por Joesley. Quando a Bullish foi deflagrada, na sexta-feira dia 12, Joesley estava no exterior. Ricardo Saud, que atuou como diretor de relações institucionais da J&F em Brasília, também estava fora do país e será ouvido no mesmo pelos delegados da PF.

>> Janot pede ao STF abertura de conta para receber valores de multas aplicadas à J&F