Maia acredita que votação da denúncia contra Temer será concluída em agosto

0
27

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse neste sábado (15), que acredita que a votação da denúncia apresentada contra o presidente Michel Temer será concluída ainda em agosto. “Vou pautar dia 2 de agosto e acredito que haverá quórum”, disse. O governo queria ter realizado a votação antes do recesso parlamentar, mas concordou em adiar a votação ao se dar conta que, sem a ajuda da oposição, não conseguiria colocar 342 deputados no plenário para dar início à sessão.

O número foi uma exigência de Maia, sob a alegação de que o resultado da votação poderia ser contestado no Supremo Tribunal Federal (STF) se ocorresse com um quórum menor. Para que a denúncia tenha seguimento, é preciso o apoio de 342 deputados.

Após o revés, líderes governistas passaram a insinuar que poderiam simplesmente “engavetar” a denúncia, isto é, não votá-la, pois assim Temer continuaria na Presidência. Segundo deputados da base, o interesse em votar a denúncia e afastar Temer do Palácio do Planalto era da oposição e, portanto, eles que deveriam colocar os 342 parlamentares no plenário da Câmara.

Uma das vantagens de não votar a denúncia em agosto seria aguardar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentar a nova denúncia contra Temer e poder votá-la na mesma sessão.

“Cabe à oposição, àqueles que querem que seja iniciado o processo, colocar 342 deputados. Se eles colocarem, nós teremos a votação. Se eles não colocarem, não teremos. Não cabe ao governo ter essa preocupação com o quórum”, disse o líder da maioria na Câmara, deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES).

Apesar da ponderação, Lelo afirma que a base estará no plenário no dia 2 de agosto para derrubar a denúncia. “Nós estaremos lá para votar e marcar presença. Nós temos hoje em torno de 250 votos. É só chegar lá e votar”, disse.

The post Maia acredita que votação da denúncia contra Temer será concluída em agosto appeared first on ISTOÉ DINHEIRO.