Marcelo Odebrecht diz que Palocci pediu doações para candidato no Peru

0
11

Em depoimento ao Ministério Público Federal sobre doações da Odebrecht no Peru, o empresário Marcelo Odebrecht disse que a construtora doou US$ 3 milhões para o candidato Ollanta Humala (PNP) na campanha presidencial de 2011 graças a um pedido do ex-ministro petista Antonio Palocci. O dinheiro, segundo Odebrecht, seria descontado de uma conta de propina da construtora mantida com o PT. De acordo com Odebrecht, o pedido de Palocci foi feito com base em um “alinhamento ideológico” entre o PT, de Lula, e Humala. As informações são do jornal peruano La República

Humala e sua mulher, Nadine Heredia, se entregaram à polícia peruana na semana passada, após a Justiça determinar a prisão preventiva de ambos. Humala e Nadine são acusados de receber dinheiro irregular da empreiteira.

>> Marcelo Odebrecht será interrogado pelo MP peruano