Ministro Gilmar Mendes se recusa a cumprir ordem do Congresso! ENTENDA

0
55

O ministro Gilmar Mendes descartou a ideia do voto impresso para que seja feita conferência pelo eleitor

O modo de votar vai ter uma mudança, o Poder Legislativo acabou determinando que agora será obrigatória a impressão do voto nas próximas eleições de 2018.

A votação permanecerá sendo eletrônica, porém o voto também será impresso em um tipo de boletim, para que o eleitor possa conferir. Depois de registrada a escolha na urna, uma impressora que ficará ao lado vai mostrar o nome e o número do candidato escolhido.

Essa determinação sera muito eficiente para que o votante tenha certeza de que o voto na pessoa certa seja registrado

Esse papel poderá ser conferido pela pessoa que votou e o processo somente será terminado após o eleitor confirmar que o que consta no boletim corresponde com sua escolha na urna. Se os dados não baterem, o erro deve ser imediatamente reportado ao mesário.

Se realmente houver suspeita de uma fraude, a Justiça Eleitoral terá o poder de bloquear votos, fazendo uma comparação com a urna eletrônica e o que está na urna física.

O presidente do TSE alegou que essa nova forma de votar é desnecessária

Com as eleições de 2018 se aproximando, surgiu o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes fazendo uma declaração de que esse processo seria desnecessário.

A determinação é uma excelente estratégia para que a verificação se houve fraude ou não seja mais apurada

Ele fez uma declaração dizendo que “é preciso ver se será mesmo necessário a implantação do voto impresso”. Ou seja, o ministro está se recusando a cumprir uma determinação que veio do Congresso.

Ministro Gilmar Mendes se recusa a cumprir ordem do Congresso! ENTENDA

O voto impresso é uma grande melhoria para que a conferência de quem estamos votando seja mais apurada. Mais do que isso, é a melhor forma de provar caso a suspeita de fraude seja real.

O post Ministro Gilmar Mendes se recusa a cumprir ordem do Congresso! ENTENDA aparece primeiro no Pensa Brasil - Em busca da notícia.