O varejo está transformando o mundo. Pelo menos essa é a opinião do executivo britânico David Roth, CEO da The Store WPP para mercados emergentes e Ásia. Em vídeo exibido durante o evento AS MARCAS MAIS VALIOSAS DO BRASIL, realizado em parceria da DINHEIRO com a Kantar Vermeer, Roth defende que, mesmo com todo o avanço apresentado, os próximos dez anos do varejo serão mais transformadores do que os últimos cinquenta. “O varejo está no epicentro da mudança tecnológica”, diz ele. “Prova disso é que as duas marcas mais valiosas do setor surgiram no ambiente digital.”

A americana Amazon e a chinesa Alibaba imperam praticamente soberanas nas duas primeiras posições. Segundo dados da WPP, a empresa criada pelo americano Jeff Bezos tem valor de mercado de US$ 98,3 bilhões, mais do que o dobro da companhia de Jack Ma, que é avaliada em US$ 49,3 bilhões. As concorrentes mais próximas são as americanas The Home Depot, com US$ 36,4 bilhões, e o Walmart, que vale US$ 27,4 bilhões. A sueca Ikea fecha o top 5 com US$ 18 bilhões de valor de mercado.

Para Roth, mais do que vender produtos para os seus consumidores, as empresas precisarão apostar cada vez mais nas experiências que eles terão durante a compra. “As pessoas não querem simplesmente comprar, mas entender o significado daquele produto ou serviço”, diz ele.

Como exemplos, o executivo lembra a junção dos serviços online e offline que vêm ganhando cada vez mais espaços em países como os Estados Unidos, onde é possível, por exemplo, comprar pela internet e receber o produto poucas horas depois. Por isso, segundo o executivo, as empresas precisarão apostar em inovações tecnológicas para ganhar os consumidores. “A tecnologia está transformando a experiência do varejo, desde a estratégia da empresa até o serviço prestado”, diz Roth. “E modelos de negócios revolucionários serão ainda mais comuns.”

The post “O varejo está no epicentro da mudança tecnológica”, diz David Roth, da The Store WPP appeared first on ISTOÉ DINHEIRO.