Prestes a chegar ao Brasil, Zôdio traz inovação ao varejo com tecnologia TOTVS

0
14

O processo de implementação começou em novembro do ano passado e teve a sua primeira fase concluída em apenas três meses. As soluções estão na modalidade SaaS, eliminando a necessidade de se investir em infraestrutura e podendo concentrar suas energias na experiência e inovação da loja.

A previsão é de que até outubro todas as soluções estejam já em operação. “Abriremos a loja no fim do ano, mas já começamos a fazer o contato e compras com os fornecedores, além do recrutamento e treinamento da equipe graças à agilidade conseguida pela rápida implantação. Tudo passa pelo sistema TOTVS”, explica Giovanni Montoneri, Chief Digital & Innovation Officer da Zôdio. A escolha pela desenvolvedora brasileira, ainda de acordo com o executivo, se deu pela confiança na marca e pela parceria desde o início do projeto.

A flexibilidade do ERP na nuvem permite que, após a inauguração, os consultores de cada departamento sejam responsáveis pelas reposições e novos pedidos diretamente no sistema e por garantirem que os produtos, especialmente os de maior procura, de suas sessões estejam sempre disponíveis. Um processo simples e rápido voltado à satisfação do cliente.

Inovações

Entre os diferenciais do projeto, Montoneri destaca o uso de mobilidade para atendimento aos clientes e pontos de self checkouts que serão implementados na loja. A aposta no autoatendimento, em que o próprio consumidor escolhe seus produtos, passa pelo terminal e efetua o pagamento, de forma mais rápida e com menos atrito, é novidade ainda nas lojas brasileiras e reflete uma das tendências mais modernas do varejo em relação à experiência do cliente. Com o tempo, os números desses terminais tendem a aumentar.

A Zôdio tem como conceito de negócio a forte interação com seus consumidores, que internamente são chamados de habitantes. Para incentivar ainda mais o contato com eles, a empresa lançará uma plataforma de marketplace. A ideia é abrir espaços online para trocas de conhecimento e oferta de produtos, não só da loja, mas de outros fornecedores diretos e dos próprios consumidores, que podem oferecer algum serviço também.

Para Ronan Maia, vice-presidente de Varejo e Distribuição da TOTVS, fazer parte da vinda de uma empresa como a Zôdio ao Brasil demonstra a força da tecnologia nacional para atender necessidades globais de comportamento de consumo. “A Zôdio está colocando a transformação digital em prática tendo em vista que essas estratégias afetam de forma positiva todos os consumidores e seu posicionamento no mercado local”, destaca.