Rossi, atacante da Chapecoense, foi vendido ao Shezen FC, da segunda divisão chinesa, por R$ 12 milhões. O time catarinense ficará com 70% do valor (R$ 8,5 milhões). Com isso o jogador não vestirá mais as cores da Chape, mas, como forma de reconhecimento, o atleta fez uma carta cuja a qual agradece os momentos...

O post Rossi acerta com clube chinês e faz carta de agradecimento à Chapecoense apareceu primeiro em Futebol na Veia.