“Sempre foi Dilma e Temer”, diz delator sobre dinheiro nas eleições

0
17

 

No primeiro vídeo de sua delação, o lobista Ricardo Saud, do J&F, narra detalhadamente como comprou, com aprovação de Guido Mantega e de seu chefe, Joesley Batista, os partidos da coligação da chapa Dilma-Temer para a eleição em 2014. “Não só compra de partidos para fortalecer a coligação, mas de recursos para a campanha Dilma e Temer”, ele esclarece. Em seguida, reforça: “Quero deixar bem claro: nunca foi sozinha a campanha de Dilma. Sempre foi Dilma e Temer, Dilma e Temer. Até que minha relação era mais próxima com o Temer”. É o tipo de declaração que destrói o argumento da defesa do presidente Temer no processo no Tribunal Superior Eleitoral de que a responsabilidade pela campanha era exclusiva da titular da chapa.

>> Temer queria controlar propina para PMDB do Senado, diz delator