“Só vou fazer o que foi combinado”, tem dito Maia sobre interinidade no Palácio

0
11

 

Às vésperas de assumir de forma interina a Presidência da República, em razão da viagem de Michel Temer à Rússia e à Noruega, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse a interlocutor que tentará passar a semana no Palácio do Planalto da forma mais discreta possível. Ao lhe perguntar o que ele faria na Presidência, Rodrigo Maia respondeu: “Somente o que foi combinado [com Michel Temer]. Se não fiz [nada surpreendente] das outras vezes, nesta então...”, disse, numa alusão ao momento delicado de Temer e à expectativa de a Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciar o presidente com base nas delações do J&F.  

>> Temer desconfia de movimentos de Rodrigo Maia