A Bolsa de Tóquio fechou em baixa significativa nesta quinta-feira, ampliando perdas do pregão anterior, ainda influenciada por uma onda de turbulência política nos EUA que ameaça o governo Trump.

O índice Nikkei caiu 1,32% na capital do Japão, a 19.553,86 pontos, depois de recuar 0,53% ontem.

Crescem temores de que o presidente dos EUA, Donald Trump, terá dificuldades de aprovar reformas importantes no Congresso devido a questões políticas.

Nos últimos dias, Trump foi acusado de compartilhar informações confidenciais durante encontro com autoridades russas na Casa Branca e de pedir ao ex-diretor do FBI James Comey o fim de uma investigação sobre possíveis laços do ex-assessor de segurança nacional Michael Flynn com Moscou.

Ontem, o governo americano decidiu nomear o ex-diretor do FBI Robert Mueller como conselheiro independente para monitorar uma investigação federal sobre suposta interferência da Rússia na eleição presidencial dos EUA em 2016.

O avanço recente do iene frente ao dólar, na esteira da crise política em Washington, continuou pressionando ações de exportadoras negociadas em Tóquio. No setor automotivo, Mitsubishi Motors sofreu um tombo de quase 3% hoje, enquanto Honda e Mazda recuaram 2,2% e a Toyota registrou baixa de 1,7%. Com informações da Dow Jones Newswires.

The post Bolsa de Tóquio cai mais de 1%, ainda em reação à turbulência política nos EUA appeared first on ISTOÉ DINHEIRO.