O governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), escolheu Cristiane Nardes para cuidar da Governança em sua gestão. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (7/12) pela equipe da transição.

Atualmente, ela é chefe da Unidade Especial de Planejamento e Gestão Estratégica da Secretaria de Mobilidade. Nardes é filha do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes.

Segundo a assessoria da transição, as atribuições ainda estão em estudo, mas seguirão as normas do curso do TCU desta semana, no qual o vice-governador eleito, Paco Britto (Avante), participou. A Governança é ligada ao gabinete do chefe do Executivo, mas pode ter status de secretaria no próximo governo.

Em encontro com Augusto Nardes, em 6 de novembro, Ibaneis disse que pretende adotar projeto do ministro sobre Governança. Entre os pontos da proposta apresentada ao governador eleito estavam o planejamento institucional, excelência de pessoal, gestão de risco e controle interno. Na ocasião, o emedebista falou na criação da Secretaria de Transparência.

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) criou a Câmara de Governança Orçamentária, Financeira e Corporativa do Distrito Federal (Governança-DF) em janeiro de 2015. Nos moldes atuais, o setor é responsável pela coordenação-geral da programação orçamentária e financeira.

Também compete à governança, por exemplo, zelar pelo cumprimento da política orçamentária e dos planos, programas e projetos do Poder Executivo distrital; opinar sobre proposta de plano plurianual, de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e de Lei Orçamentária Anual (LOA); e estabelecer as prioridades setoriais e regionais para aplicação dos recursos previstos na lei orçamentária anual.

Deixe uma resposta