O CANAL – No O Canal você confere tudo sobre audiência da TV, famosos, resumos de novelas, música, cinema & séries e notícias da TV.

O apresentador Danilo Gentili. (Foto: Reprodução/SBT)

O apresentador Danilo Gentili. (Foto: Reprodução/SBT)

Há limites para o humor? Bom, essa questão é totalmente discutível e pessoal para cada um. Nos últimos anos, com a a ascensão do politicamente correto e combate às diversas formas de preconceitos em todo o mundo, alguns programas de TV que vinham contra essa maré acabaram perdendo a graça para o público e saindo do ar por causa do grande índice de rejeição.

Tendo como um dos grandes precursores do “humor sem limites” o programa Pânico na TV, lançado em 2003 pela RedeTV!, o assunto ganhou notoriedade também com Rafinha Bastos e outros humoristas do pais. Porém, ex-colega de Bastos no extinto CQC, o apresentador Danilo Gentili vem carregando para si, cada vez mais. a defesa das piadas de qualquer espécie no Brasil.

Apresentador do The Noite, exibido diariamente no SBT, Danilo Gentili vem há anos se envolvendo em polêmicas a seu respeito justamente por causa de sua forma de fazer rir. Em 2017, ele virou notícia nas redes ao postar uma imagem ao lado de sua assistente, Juliana Oliveira e de um ovo de Páscoa. Na legenda: “de um lado esse maravilhoso chocolate de primeira que comerei o dia todo durante esse domingo tão especial. Do outro lado um ovo de Páscoa escrito meu nome”. O comentário, assim que publicado, gerou um enorme debate com muitas pessoas lhe acusando de racismo.

Essa, no entanto, não foi a primeira vez que Danilo Gentili foi acusado de ser racista. Em 2012, uma das polêmicas foi um comentário direcionado ao jornalista Thiago Ribeiro, que havia publicado um vídeo compilando as ofensas de Danilo na internet. Descontente, o humorista usou o Twitter para falar com Ribeiro e acabou comparando-o a um macaco, ao oferecer bananas para ele.

Há alguns anos, Danilo chamou de “gênio” um homem acusado de estuprar uma garota inconsciente, ainda usando a mesma rede social. A publicação foi apagada por ele, mas prints até hoje em dia correm pela internet. Em sua defesa, o humorista desabafou sobre as criticas que recebe por conta de suas piadas ao Jornal Folha de S. Paulo e afirmou que essas pessoas tem “algum problema”.

“Humor tem que falar do que for, do rico, do pobre. O que acontece é que existe uma minoria patrulheira de pessoas, que vão se travestir de opinião pública… As pessoas estão assistindo, rindo. Pergunta-se muito qual o limite do humor, mas ninguém pergunta qual o do mau humor. Quem se sente mal com uma piada deve ter um problema maior”,opinou.

Certo ou errado, isso parece não incomodar seus superiores no SBT. Há mais de quatro anos no canal de Silvio Santos, ele coleciona recordes de audiências consecutivos nas madrugadas e da emissora e, não raramente, lidera com folga no Ibope contra a Rede Globo que no mesmo horário exibe os mais diversos tipos de atração.

Leia também: “Teria direito de dar vários chutes nela”, diz Caique caso Nadja não fosse expulsa

 

 

 

O post Danilo Gentili e a eterna discussão do limite do humor apareceu primeiro em O CANAL.

Deixe uma resposta