Ao contar a própria história de vida em 13 tweets, o advogado Joel Luiz Costa testemunhou sobre o poder transformador da educação. Durante 30 anos, o pai dele, traficante do Morro do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, sonhava ver o filho delegado da Polícia Federal. Para isso, ele o incentivou a estudar direito.

Hoje, Joel é advogado criminal e trabalha pela garantia de direitos humanos, em especial os relacionados à população negra e pobre. É criador do Núcleo Independente e Comunitário de Alfabetização – Jacarezinho.

O relato nas redes sociais teve mais de 15 mil curtidas e foi replicado 5 mil vezes, até está sexta-feira (9/11). A história começa assim:

Também pelo Twitter, Joel relatou já ter recebido convite para transformar o enredo da vida real em filme, mas não disse se aceitou a proposta.

Joel também é colunista do site Agência de Notícias das Favelas (ANF), onde se apresenta como “advogado criminalista, favelado e pai de casal. Apaixonado pelo Flamengo, Jacarezinho e Estação Primeira de Mangueira. Colaborador da ANF desde Fevereiro de 2017.”

Deixe uma resposta