Dois policiais militares salvaram um homem de afogamento na manhã de sábado (16/3), em Planaltina. De folga após uma madrugada de trabalho, o sargento Ediman Ribeiro e o soldado Eli Júnior socorreram Manuel Souza, 27 anos. Morador de Sobradinho, ele perdeu a consciência enquanto nadava em uma piscina do Clube Vale Verde. A ação evitou o aumento do número de mortes nas águas do DF.

“Graças a Deus conseguimos salvar essa vida. É menos uma tragédia, menos família em sofrimento”, comemorou o sargento Ribeiro. O salvamento também contou com a ajuda de membros do Corpo de Bombeiros.

Ribeiro e Júnior fazem parte do Grupo Tático Operacional (GTOP) 34, do 14º Batalhão da Polícia Militar. Ambos têm o costume de treinar e nadar no clube aos finais de semana. O local oferece uma piscina com aproximadamente 200 metros de comprimento com 30 metros de largura.

Por volta das 9h, já tinha terminado meu treino na piscina. Havia outros banhistas. Eu estava com as nadadeiras ainda no pé. Aí ouvi gritos de socorro. Um homem estava desacordado na água. O soldado Júnior correu por fora piscina e eu fui nadando. Eram 45 metros de distância. Foi uma eternidade, mas felizmente cheguei na pessoa a tempo

Ediman Ribeiro, sargento da PM

Naquele momento, o soldado conseguiu mobilizar ajuda fora da água e uma boia de salvamento foi atirada na água. Segundo o sargento, o rapaz estava em estado de choque, não conseguia falar ou se movimentar. Os bombeiros chegaram no local e prestaram o socorro necessário para ele se restabelecer.

“Depois de tudo, os próprios bombeiros disseram para a gente: se o resgate tivesse demorado um pouco mais, as consequências seriam mais graves, inclusive com risco de sequelas”, comentou o sargento.

Deixe uma resposta