A ex-mulher do funkeiro Biel, Duda Castro, conseguiu na Justiça uma medida protetiva de urgência contra o artista. A decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo é uma tentativa de colocar um fim às sucessivas brigas entre os dois.

Em comunicado divulgado à imprensa nesta terça-feira (6/11), a assessoria da influenciadora explicou que o juiz Fabio Pando de Matos determinou que Biel mantenha distância da ex por causa das acusações de violência doméstica.

O processo de violência doméstica corre em segredo de Justiça e, por isso, mais detalhes não foram divulgados. Os dois devem se manter afastados a uma distância mínima de 200 metros e não podem manter qualquer tipo de comunicação. Caso descumpra a medida, Biel pode ser preso.

Plano por greencard
Para a advogada, Duda foi vítima de um plano feito pelo cantor para obter o greencard e se estabelecer nos Estados Unidos. “Com o visto de trabalho em mãos, Biel deu início a uma batalha perversa de destruição psicológica e física da modelo para obter o divórcio”, diz Basso no comunicado.

Acusações recorrentes de agressão foram os motivos da separação de Duda Castro e Biel, no começo do ano. Na época, a modelo foi detida por ter arremessado um copo e acertado o rosto do cantor. A briga ocorreu na casa onde os dois moravam em Los Angeles, nos Estados Unidos. A jovem foi liberada após pagar 50 mil dólares.

Ela teria desmaiado durante a briga e também teria sido atacada pela irmã do cantor, Giovanna, segundo a sua assessoria de imprensa. Duda foi presa novamente, em 2 de outubro, ao desembarcar no aeroporto de Los Angeles, por denúncia de agressões contra um grupo de fãs do funkeiro. Depois de pagar mais 350 mil doláres (cerca de R$ 1,3 milhão), Duda foi liberada novamente.

Deixe uma resposta