O CANAL – No O Canal você confere tudo sobre audiência da TV, famosos, resumos de novelas, música, cinema & séries e notícias da TV.

Recurso usado em O Sétimo Guardião de falsa morte não é novidade e já foi usado em outras novelas. Veja. (Foto: Colagem/O Canal)

Nas próximas semanas de O Sétimo Guardião, a morte de Laura, ex-namorada de Gabriel, após cair da escada em uma discussão com Valentina, irá agitar a trama.

Contudo, esse não será o fim da personagem, que capítulos depois, voltará disposta a se vingar da vilã. O recurso não é novidade e já foi usado por diversos autores em suas obras.

Pensando nisso, fizemos uma lista de outros personagens que também tiveram suas “mortes” usadas como elemento narrativo na história.

Donatela Fontini

Uma das protagonistas de A Favorita, uma das novelas mais elogiadas do século, forjou sua morte ao fugir da prisão e assumir a identidade de Diva, para poder provar sua inocência com calma e se vingar das maldades de Flora.

Remy

Caso mais recente, o irmão de Beto Falcão, em Segundo Sol, teve sua morte armada pela vilã Laureta para que a mocinha, Luzia, pudesse (novamente) ser acusada de um crime que não cometeu.

Apolo, Da Cor do Pecado

Um dos poucos casos de falsa morte que enganou até o público, Apolo é dado como morto logo no começo da novela, o que permite que seu irmão gêmeo, Paco, assuma seu lugar e a história da novela deslanche a partir daí. Porém, no último capítulo, descobre-se que Apolo estava vivo.

Bia Falcão, Belíssima

Em 2005, o país parava quando Bia Falcão, principal vilã da novela das 21h, Belíssima, era misteriosamente morta por volta do capítulo 60. Mas tudo não passava de um plano da megera, que algumas dezenas de capítulos depois, retorna perto da reta final da história.

Francesca Ferrato, A Próxima Vítima

A personagem da grande atriz Tereza Rachel foi outra que enganou o público. Em A Próxima Vítima, a personagem que se acreditava estar morta, retorna no capítulo final para revelar que forjou a própria morte, a fim de desmascarar o serial killer da história.

Morena, Salve Jorge 

A morte da protagonista de Salve Jorge foi real apenas para os personagens da trama. Os telespectadores saibam que Morena estava viva, mas sua família, seu amado e todos os que conviviam com ela no Brasil não, o que resultou na emblemática cena de “A Morena tá viva”, quando sua mãe (Dira Paes) descobre que a filha não morreu.

Confira outros personagens que também foram afetados pelo recurso:

Léo, Insensato Coração
Max, Avenida Brasil
Tereza Cristina, Fina Estampa
Sílvia, Joia Rara
Carlão, Pecado Mortal

O post Em O Sétimo Guardião, Laura morre, mas vai voltar; Relembre outras falsas mortes apareceu primeiro em O CANAL.

Deixe uma resposta