A Força da ONU no Líbano (Finul) confirmou nesta quinta-feira a existência de um túnel na fronteira com Israel, dois dias após a operação do Exército hebreu lançada oficialmente para destruir as rotas de ataque do Hezbollah libanês.

A Finul fez o anúncio após uma inspeção na região da cidade de Metula, na fronteira com Israel, mas não menciona o movimento xiita libanês no comunicado.

O general Stefano Del Col, comandante da Finul, acompanhou uma equipe técnica que visitou o setor “onde Israel afirma ter descoberto um túnel próximo à linha azul”, que serve de fronteira entre os dois países.

“Após inspecionar o local, a Finul pôde confirmar a existência de um túnel nesta zona”, destaca a nota, que acrescenta que a força da ONU está “comprometida com as partes para assegurar de maneira urgente um acompanhamento da situação”.

Na terça-feira, Israel anunciou ter encontrado túneis do Hezbollah – seu inimigo apoiado pelo Irã – e deflagrou uma operação para destruí-los.

O Exército hebreu, que solicitou a intervenção da Finul, afirmou que um dos túneis detectados partia de uma casa no povoado libanês de Kfar Kila e penetrava 40 metros no território israelense.

O post Força da ONU confirma existência de túnel entre Líbano e Israel apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Deixe uma resposta