A futura secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, quer fomentar o investimento no setor. “Não vamos medir esforços a fim de criar condições para que a iniciativa privada encontre um ambiente favorável”, explicou em coletiva realizada na tarde desta quinta-feira (6/12).

Vanessa defende a descentralização do turismo na capital da República e a valorização das regiões administrativas. Para ela, é preciso desenvolver o potencial de cada local para convergir com o centro de Brasília. “É preciso levar a Esplanada para as cidades e as cidades para a Esplanada. Vamos fazer com que as pessoas que morem aqui tenham orgulho e desejem receber os turistas”, concluiu.

Segundo a próxima gestora, o governo não pode “atrapalhar” os visitantes. “No momento em que um dos monumentos fica fechado no fim de semana, nós estamos atrapalhando”, disse.

Um dos primeiros desafios da pasta será o Carnaval de 2019, em 5 de março. Vanessa revelou que a equipe de transição está avaliando o que é possível executar nos festejos. “Estamos estudando a melhor forma de poder fazer não só com que a população fique em Brasília, mas também de trazer turistas para cá.”

Estádio
Sobre o Estádio Nacional Mané Garrincha, a futura secretária afirmou que é “um universo rico de oportunidades”. Para ela, é preciso fazer um planejamento anual para trazer grandes eventos. “Ele é gigantesco, mas podemos dividi-lo em diversos espaços e fazer com que a conexão de eventos promova vida à cidade”, pontuou.

O empreendimento faz parte do conjunto de equipamentos reunidos na ArenaPlex, objeto de uma parceria público-privada (PPP). No entanto, o processo de concessão está parado por determinação do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF).

Perfil
A economista e publicitária Vanessa Mendonça foi anunciada nessa quarta-feira (5/12) como próxima secretária de Turismo do Distrito Federal. Atualmente, ela ocupa o cargo de diretora nacional no Ministério do Turismo. É responsável pelas equipes de coordenação geral de produtos, publicidade e de eventos de fluxos turísticos e institucionais.

Vanessa atuou por oito anos como diretora-executiva da Publicis D&M , respondendo pela gestão e equipe das seguintes contas: Volkswagen Regional Centro-Oeste e Norte, Furnas Centrais Elétricas, Ministério das Comunicações, Coca-Cola, Audi, UniCeub, Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), entre outras. Ela também esteve na Gazeta Mercantil, além de ter trabalhado no Jornal de Brasília e com o Grupo Jaime Câmara.

Deixe uma resposta