O ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, estará na Argentina nesta quarta-feira (15) a fim de visitar institutos de pesquisas, encontrar autoridades do país vizinho e tentar levar adiante algumas parcerias. Uma delas é a possibilidade dos argentinos utilizarem o Sirius. Trata-se de um novo acelerador de partículas que deverá ser inaugurado em Campinas no ano que vem. Em fevereiro do ano passado, houve conversas com os argentinos nesse sentido, mas, desde então, não fizeram uma proposta formal ao governo brasileiro.

>> O acelerador de partículas de R$ 1,5 bilhão

>> Mais notas na coluna EXPRESSO