O Gol GT/GTs/GTi foi um dos esportivos brasileiros que mais fez a cabeça da galera entre a segunda metade dos anos 1980 e primeira dos anos 1990. Ele tem ainda o mérito de ser o primeiro automóvel nacional com injeção eletrônica de combustível. Hoje é disputado a tapa pelos colecionadores na casa dos 30, 40 anos.

Mas como seria uma versão GTi da sua “prima”, a Station Wagon Parati? O Studio By Deni — uma empresa super especializada nessa linha esportiva, com sede em Indaiatuba – SP — aceitou o desafio de um cliente de transformar uma Parati básica CL, que foi comprada de um feirante, numa GTi com todas as características do Gol.

O carro ficou simplesmente perfeito. Pintada na cor perolizada “Branco Nacar”, ela tem os mínimos detalhes visuais externos e internos, como se tivesse sido fabricada assim — frisos, emblemas, parachoques, grade, rodas BBS (no caso de 17’), bancos Recaro, painel de instrumentos, ar condicionado, direção hidráulica… E o motor logicamente não foi esquecido.

Foto reprodução

É um autêntico 2.0 com injeção eletrônica original. Tudo exatamente como na época. É um carro 1993, que acaba de ficar pronto, como se zero km fosse. (Com informações da MaxiCar)

O post GTi quadrada? Conheça a brutal e exclusiva versão da Parati que a VW nunca fabricou apareceu primeiro em Mundo Fixa.

Deixe uma resposta