A área central de Brasília ganha mais um hospital na próxima segunda-feira (18). Além da unidade brasiliense do Hospital Sírio Libanês, será inaugurado neste mesmo dia o Hospital Albert Sabin, na 608 Norte. O centro de atendimento oferecerá 20 especialidades clínicas, além de diagnóstico por imagem, laboratório para exames, centro nefrológico e salas de cirurgia. Ao todo, o prédio onde  funcionará o novo hospital possui 6.800 m² de área construída .

Entre os destaques do Hospital Albert Sabin, estão a pediatria – a unidade terá uma ala personalizada para as crianças e investiu na formação de um corpo clínico especializado, e o centro de referência em tratamento de queimaduras – estrutura aprovada pelos irmãos Piccolo, que são nacionalmente conhecidos pelo trabalho na área. O Albert Sabin também se preocupou com o conforto dos pacientes internados: supervisionado por nutricionistas, o cardápio é assinado por chefs de cozinha.

Pela localização, o hospital nasce com foco nos pacientes que residem do lado norte do DF: Plano Piloto, Lago Norte, Sobradinho, Colorado, Planaltina e região. São 67 leitos no total, incluindo os de UTI e internação. Foram contratadas 630 pessoas para trabalhar no novo hospital da cidade, e a missão do grupo é levar qualidade de atendimento ao paciente desde a entrada no estacionamento até a saída.

O Albert Sabin funcionará 24 h por dia no pronto-atendimento, UTI e centro cirúrgico. O hospital não integra nenhuma rede, e nasceu do sonho dos médicos Celso do Amaral Mello Neto e Cesar Ricardo Limonge de Oliveira. Segundo a assessoria de imprensa, o centro já abrirá as portas aceitando  alguns planos de saúde. “Nascemos em Brasília com a missão de levar o cuidado associado à tecnologia de ponta, com competência profissional, para o bem-estar do paciente. Excelência no atendimento, acolhimento e humanização serão os diferenciais em prol das vidas”, afirma Flávia Montenegro, diretora-executiva do Albert Sabin.

Deixe uma resposta