O índice de sentimento das empresas da Alemanha caiu de 99,3 pontos em janeiro a 98,5 pontos em fevereiro, atingindo o menor nível desde dezembro de 2014, segundo pesquisa divulgada hoje pelo instituto alemão Ifo. O resultado, que marcou a sexta queda consecutiva do indicador, ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam redução a 99 pontos.

“A economia alemã permanece fraca”, comentou o presidente do Ifo, Clemens Fuest.

O chamado índice de condições atuais do Ifo recuou de 104,5 em janeiro para 103,4 em fevereiro, enquanto o índice de expectativas econômicas diminuiu de 94,3 para 93,8.

A pesquisa mensal do Ifo envolve cerca de 9.000 empresas dos setores de manufatura, serviços, comércio e construção. Com informações da Dow Jones Newswires.

O post Índice alemão Ifo de sentimento das empresas cai a menor nível em 4 anos apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Deixe uma resposta