Um homem de aproximadamente 60 anos morreu atropelado na manhã deste sábado (10/11). O acidente ocorreu na Quadra 8, Conjunto C do Setor Sul do Gama. Quando os bombeiros chegaram ao local, a vítima, ainda não identificada, estava sem sinais vitais. O veículo que atropelou o homem não foi encontrado.

Em Vicente Pires, uma mulher teve as duas pernas quebradas, nessa quinta-feira (8), ao ser atropelada quando estava sobre a calçada em frente a uma lanchonete entre as ruas 7 e 8. Márcia Suelis Alves Bonfim Meira, 39 anos, foi atingida por uma caminhonete L200 conduzida por José Adriano Pequeno Guedes, 39, que também fugiu do local do acidente.

Segundo uma testemunha, ele perdeu o controle do veículo depois de fazer uma rotatória acima da velocidade.  Márcia Suelis estava em frente à lanchonete Big Bomba quando foi atingida pela caminhonete. Com o impacto, ela foi arremessada contra a porta do estabelecimento. Após a colisão, José Adriano foi a Taguatinga, onde buscou a esposa e fugiu, deixando para trás documentos e a própria casa aberta, para evitar o flagrante.

Márcia Suelis foi levada para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), onde está internada e aguardando cirurgia. Segundo o delegado-chefe da 38ª DP (Vicente Pires), Watson Warmling, encarregado do caso, o veículo com que o suspeito atingiu a vítima pertence ao dono da lanchonete Big Bomba, de quem ele é parceiro comercial.

“Assim que fomos informados do acidente, começamos a procurar pelo suspeito, a partir da placa do veículo. Logo que localizamos o dono, ele nos disse não estar com o veículo, que ficava com outra pessoa. Com as informações fomos até o endereço dele, mas ele tinha fugido”, conta Watson Warmling.

O advogado de José Adriano entrou em contato com a polícia garantindo a apresentação do cliente na tarde de sexta-feira (9).

 

 

Deixe uma resposta