A vida imita a arte – até mesmo fora da Terra. Nesta sexta (11), Elon Musk divulgou no Twitter uma foto do protótipo da nova espaçonave da sua companhia, a SpaceX – um protótipo descaradamente inspirado nos foguetes de desenhos animados e de filmes de ficção científica dos anos 1950.

A nave, chamada Starship, possui 9 metros de largura e está sendo construída em uma base no Texas, nos EUA. Veja abaixo a foto compartilhada por Musk:

De acordo com o bilionário, a nave é um protótipo que será usado para testes de pousos e decolagens. A versão final, que fará voos orbitais na Terra e que será usada em missões para a Lua e para Marte , terá janelas.

<span class="hidden">–</span>Reprodução

Não faltaram comparações para a Starship, cuja estrutura remete aos clássicos foguetes das animações. A imagem acima, por exemplo, foi tirada de um episódio do Pica-Pau. Já a New Scientist, revista britânica de ciência e tecnologia, comparou o protótipo da SpaceX ao foguete de Destino à Lua, um filme de ficção científica dos anos 1950.

Próximo destino: Lua

Atualmente, a SpaceX realiza as suas missões com os foguetes Falcon Heavy e Falcon 9. O projeto da Starship faz parte do plano de evolução da empresa para fazer viagens mais distantes nos próximos anos. Até novembro de 2018, a nova espaçonave se chamava Big Falcon Rocket (BRF).

Vale lembrar que, em setembro do ano passado, Musk anunciou o primeiro passageiro que irá para a Lua com a SpaceX. O empresário japonês Yasaku Maezawa comprou o pacote de viagem mais exótico que existe e irá para o nosso satélite natural em 2023.

À bordo com ele estará um time de artistas, de músicos a arquitetos, que voltarão para a Terra cheios de inspiração. O bilionário nipônico planeja montar uma exposição com as obras que serão feitas após a viagem.

A Starship terá duas vezes o tamanho do Falcon Heavy, que possui 70 metros de altura. O protótipo que está sendo construído no Texas possui aproximadamente 54 metros e sete motores – a versão final terá 31. De acordo com Musk, os testes poderão começar em até 8 semanas, e o objetivo é que um protótipo para realizar voos orbitais esteja pronto em junho.

Deixe uma resposta