Agentes da 4ª Delegacia de Polícia Civil do Distrito Federal (Guará) prenderam um homem acusado de tentativa de feminicídio, nesta sábado (16/3).

Higo Augusto da Cruz Ramos, vulgo HG, 19 anos, é o acusado de disparar diversas vezes contra uma mulher a mando de um comparsa, Wanderson Kaique Ribeiro, ex-companheiro da vítima. O crime ocorreu no dia 13 de janeiro, por volta das 21h30, nas Quadras Econômicas Lucio Costa, no Guará.

Um dos tiros atingiu de raspão o braço da mulher. Segundo testemunhas, um Renault Megane passou próximo à Paróquia São José e efetuou os disparos . A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não quis ser levada ao hospital. Ela resistiu aos ferimentos, mas ainda se recupera.

Desde o dia do crime, HG estava foragido. Ele foi localizado na manhã deste sábado em uma residência da Cidade Ocidental (GO), no Entorno do DF. No momento da prisão, os policiais localizaram drogas e dois revólveres com numeração raspada.

Segundo o delegado-adjunto da 4ª DP, Douglas Fernandes de Moura, responsável pelas diligências, um terceiro envolvido no crime, Alexandre, vulgo Buá, 29, também foi identificado e preso na sexta-feira (15), no Jardim Ingá, em Luziânia (GO). Wanderson, ex-companheiro da vítima, já havia sido preso anteriormente.

Durante a ação dos policiais, também acabou detido Samuel Oliveira de Vasconcelos, 18. Ele estava junto com HG e assumiu a posse de uma das armas de uso restrito.

Deixe uma resposta