A OYO nasceu como uma plataforma para reservar quartos de hotéis econômicos na Índia, mas sua taxa de crescimento da a rede de hotéis a perspectiva de se tornar a maior do mundo até 2023. A empresa sediada no polo tecnológico de Gurgaon tem uma taxa de crescimento no número de quartos maior do que as três maiores redes de hotéis do planeta juntas.

Atualmente, a OYO administra 9 mil hotéis e 170 quartos apenas na Índia. Mundialmente, o número chega a 460 mil quartos espalhados em oito países, incluindo estabelecimentos em grandes centros como Londres, Pequim, Xangai e Kuala Lampur. O número ainda fica atrás da líder da lista, a rede Mariott, que cuida de 1,3 milhões de quartos ao redor do planeta, em dado divulgado em setembro de 2018.

Porém com uma taxa de crescimento que transformou 6 milhões de reservas em 2016 para 75 milhões em 2018, a OYO atraiu atenção de investidores internacionais como o Softbank, banco japonês conhecido por apostar em novas iniciativas como Uber e WeWork.

A última rodada de investimentos da rede de hotéis arrecadou US$ 1 bilhão, aumentando o valor de mercado da OYO para US$ 5 bilhões.

O post Rede de hotéis indiana tem planos para se tornar a maior do mundo apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Deixe uma resposta