Cinco dias após o parto da pequena Zoe, fruto da relação com Duda Nagle, Sabrina Sato publicou em seu Instagram um relato comovente no qual contou sobre os momentos de reclusão, tensão e superação durante a gestação de sua primeira filha.

“Um filho já nasce ensinando a gente. E Zoe, além de me ensinar sobre o maior amor da vida, me ensinou mais. Eu me preparei, estudei, assisti vídeos, li livros, fiquei cinco meses da gestação fazendo exercícios pélvicos para poder fazer o parto mais natural possível. Me recolhi, deixei de ir em festas de amigos e me dediquei totalmente a esse grande sonhos de gerar uma filha”, disse ela, se referindo às principais dificuldades de uma gestação.

Sabrina relata que, apesar de ter se preparado para um parto natural, não foi bem o que aconteceu. “Sempre achei lindo ver a força da mulher, do animal parindo. Mas o nosso caminho foi outro. […] Foi através de uma cesariana, que tinha medo, receio e que não estava nos meus planos, que chegou a maior o maior presente da minha vida”, conta.

Apesar da anestesia, corte, cicatriz e tempo de repouso indesejados por Sabrina, ela relatou que o procedimento foi emocionante: “Me senti mais forte ainda depois de tudo o que passamos e tenho refletido muito sobre esse momento, que vai ficar para sempre comigo”.

O fundamental, para a apresentadora, é que a menina esteve está cheia de saúde durante esse tempo todo. “Zoe esteve todo o tempo muito bem e nasceu com muita saúde. Minha filha, em meio a tanta emoção, me fez compreender que ela é quem escolheria a forma como viria ao mundo”, completou Sato.

Questionado por repórteres, o pai de Zoe disse que pretende ter mais filhos com sua noiva e avisou que não deve demorar muito: “Só acabar a quarentena”, comentou.

Veja o relato de Sabrina:

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Um filho já nasce ensinando a gente. E a Zoe além de me ensinar sobre o maior amor da vida, me ensinou mais… Eu me preparei, estudei, assisti vídeos, li livros, fiquei 5 meses da gestação fazendo exercícios pélvicos pra poder fazer o parto mais natural possível. Me recolhi, deixei de ir em festas de amigos e me dediquei total a esse grande sonho de gerar uma filha. Passei essas 41 semanas em concentração, vivendo isso e fazendo todos a minha volta e até vocês a viver também. Tudo o que me proponho a fazer na vida, faço com toda minha força, trabalho, amor e fé , por isso sempre tudo saiu da forma que mentalizava, imaginava e queria. Mas Deus está sempre nos ensinando. E às vezes o que queremos não vem no caminho que imaginamos, da forma que gostaríamos . Eu tinha certeza que minha filha nasceria de um parto natural já que tinha me preparado tanto pra isso e nem pensei no plano B, uma Cesárea humanizada. Pq sempre achei lindo ver a força da mulher, do animal parindo. Mas o nosso caminho foi outro. E depois de 41 semanas e mais de 24h de bolsa rompida, 20h de trabalho de parto ainda não tinha minha filha nos meus braços. Foi através de uma cesareana que tinha medo, receio e não estava nos meus planos pq a anestesia, corte, cicatriz e tempo de repouso não saiam da minha cabeça, que chegou o maior presente da minha vida. Foi emocionante. Me senti mais forte ainda depois de tudo o que passamos e tenho refletido muito sobre esse momento que vai ficar pra sempre comigo. Mas o fundamental, Zoe esteve todo o tempo muito bem e nasceu com muita saúde. Minha filha, em meio a tanta emoção, me fez compreender que ela é quem escolheria a forma como viria ao mundo. Deus é bom o tempo todo 🙏❤

Uma publicação compartilhada por Sabrina Sato 🅱️+ (@sabrinasato) em

Deixe uma resposta