Silas Malafaia e Ricardo Boechat
Silas Malafaia e Ricardo Boechat

Líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, o pastor Silas Malafaia disse desaprovar seus seguidores que estariam celebrando a morte do jornalista Ricardo Boechat.

“Não trabalho com um Deus que se vinga porque alguém me xingou. Então tinha que morrer um monte aí, sou caluniado a todo momento”, declarou o líder evangélico. As informações são da Folha de S.Paulo.

Depois da morte de Boechat, vítima de acidente de helicóptero nesta segunda-feira (11), alguns seguidores do pastor passaram a afirmar que a tragédia tratava-se de uma espécia de vingança divina.

“A palavra de Deus fala: maldito do homem que toca no ungido do senhor. Lamentável. Que Deus conforte sua família”, escreveu um usuário. A mesma mensagem foi compartilhada por outras centenas de internautas.

“Mexa com os filhos do Diabo, mas não maltrate o que é de Deus. Porque isso é o mesmo que cometer suicídio. Ridículo esse Boechat, e Deus gravou tudo”, publicou mais um internauta.

“Procurar uma rola”

Silas Malafaia e Ricardo Boechat protagonizaram uma das polêmicas mais repercutidas do ano de 2015. Na ocasião, o jornalista mandou o pastor “procurar uma rola” (relembre AQUI).

O post Silas Malafaia se pronuncia sobre a morte de Ricardo Boechat apareceu primeiro em Pragmatismo Político.

Deixe uma resposta