Manifestantes anticomunismo foram, na noite da última quinta-feira (18/10), protestar em frente à Catedral de Brasília. Em meio a gritos de “Essa m…. vermelha não nos representa” ou “Bota verde e amarelo, pô. Esse país é verde e amarelo”, o grupo reclamava da cor projetada no prédio, que, ao olhar deles, seria o vermelho do comunismo. Ao que parece, não sabiam que se trata da campanha mundial Outubro Rosa, quando monumentos e edifícios públicos de Brasília recebem iluminação no tom rosa, obviamente, numa ação que marca a luta contra o câncer de mama. Veja o protesto dos eleitores anticomunistas:

Deixe uma resposta